© 2015 por Dra. Larissa Oliveira criado com Flávia Eleniza

Seguir

Entre em contato para mais informações

  • Dra. Larissa Oliveira
  • Dra. Larissa Oliveira
  • Dra. Larissa Oliveira
  • Dra. Larissa Oliveira
  • Dra. Larissa Oliveira

Horário de Funcionamento

Seg - Sex: 08:00 - 19:00

Telefones:  

Tel: +55(62)3923-5070

Whatsapp: +55(62)9 8176-0176

E-mail: 

lacpgoias@hotmail.com

O que é Cruroplastia ou Cirurgia de coxa?

 

A cirurgia de coxa também é realizada nos pacientes com grande perda de peso. Conforme a localização do excesso de pele se determina se a incisão ficará restrita apenas a região inguinal ou se extenderá por entre as coxas até o joelho. 

Pré-Operatório

 

• Exames complementares a serem especificados.


• Fotografia da região, é importante para avaliação, programação cirúrgica e documentação.


• Providencie modelador para o uso pós-operatório e leve-a à clínica no dia da cirurgia.


• Compareça na clínica no dia e horário combinados, de preferência acompanhado (a).


• Não leve para a clínica jóias e outros objetos de valor.


• Não pinte as unhas.


• Qualquer intercorrência como doenças (gripe, febre, infecção) ou outros motivos que acarretam a suspensão da cirurgia, avise o profissional com antecedência.


• Pode ser feito uso de Arnica para evitar equimoses (roxos). Este deve ser iniciado de uma semana a dez dias antes da cirurgia. Faça uma avaliação com o clínica para orientação de medicações pré-operatórias importantes na cicatrização e equilíbrio do organismo, visando uma melhor recuperação.

O que você precisa saber?

 

1) Anestesia: pode ser bloqueio peridural ou anestesia geral. 

2) Tempo de duração: pode ser de 2 a 4 horas

3) Tempo de internação: 24 horas, 

4) Cuidados pós operatórios: após a alta o paciente pode tomar banho e retirar curativos, mantendo a higiene na região inguinal bem efetiva por estar próxima a excrementos contaminantes no corpo humano. No repouso quando deitado o paciente de elevar os membros, porém deve deambular precocemente. A colocação de meia compressiva é indicada para proteção da ferida operatória e redução de edema. 

5) Massagem: As drenagens linfáticas começam com 48 horas após a cirurgia e extendem para os próximos 20 dias.

6) Dor: suportavel ao uso de analgésicos e anti- inflamatórios.

7) Riscos: em primeiro lugar o risco da trombose é o mais temido, logo o uso de meia e heparina de baixo peso molecular por 15 dias são imprescindíveis para prevenção. Sangramentos, abertura de ferida pós operatório e risco de infecção podem acontecer conforme a higiene do paciente senão adequada. 

8) Atividades: Dirigir em torno de 30 dias. atividade sexual 30 dias. 

 

9) Alimentação: a ingesta de líquido de 1 em 1 hora principalmente água de coco, gatorage, sucos naturais e água , devem se fazer no mínimo de 4 a 6 litros por dia. Quanto a alimentação está proibido o uso de chocolate e derivados, bebidas alcoólicas e refrigerantes durante um período de 30 dias no pós operatório. E a ingesta de alimentos deve ser de 3 em 3 horas com alimentação rica em folhas verde escuras (agrião, rúcula, espinafre, brócolis) fígado, beterraba, rapadura , feijão pois são ricos em ferro para repor a perca de sangue. Os três primeiros dias de pós operatório são sentidos com mais afinco devido a fraqueza, sendo necessário assistência de acompanhantes 24 horas continuo devido ao risco de fraquezas momentâneas. 

 

10) Cicatriz: a cicatriz pode ser posicionada apenas na virilha e ou entre as coxas descendo até o joelho. A indicação dependerá da quantidade de pele em excesso.

 

Será que isto vai desaparecer?

 

Toda cirurgia envolve um período de recuperação. Dê tempo ao tempo, que seu organismo se encarregará de dissipar pequenas alterações que infalivelmente chamarão a atenção de alguma pessoa que não se furtara a observação: Será que isto vai desaparecer? Não deixe de nos transmitir qualquer tipo de preocupação. Daremos esclarecimentos necessários para sua tranquilidade.

 

Resultado Final

 

Durante os primeiros seis meses a região irá se apresentar edemaciada (inchada) havendo com decorrer do tempo uma acomodação gradativa dos tecidos. A cicatriz estará inicialmente mais avermelhada e endurecida, para então se tornar clara e delgada, no entanto isso depende de dois fatores importantes: o tempo e a genética. Logo temos um período médio de 6 meses a 2 anos para alcançarmos o possível ideal.